Série de vídeos educam sobre câncer de próstata

IMAGEM

O Papo Coletivo é uma série de documentários produzidos pelo Instituto Equipav com o objetivo de levar informação e esclarecimento sobre diversos temas para toda a comunidade virtual.

Em 2015 o Projeto Papo Coletivo contou com a participação do Médico Fabio Watanabe que dividiu algumas questões relacionadas ao câncer de próstata. Este mês estamos aproveitando para relembrar estas informações e reforçar a importância da prevenção, afinal estamos no Novembro Azul, mês de conscientização de doenças masculinas principalmente a do câncer de próstata.

Veja abaixo alguns dos pontos apontados pelo Dr. Fabio.

O médico que cuida da saúde do homem em geral é o urologista, no entanto em locais que não haja um especialista o paciente pode passar por um clínico geral. O câncer de próstata é o câncer mais incidente no homem. Um a cada seis homens terá câncer de próstata. E, portanto, deve-se tomar as devidas prevenções.

Homens que possuem um familiar de primeiro grau com câncer de próstata tem duas vezes mais chances de adquirir a doença. Já aqueles que tem dois familiares de primeiro grau, têm cinco vezes mais chances de adquirir a doença, e ainda os que possuem três familiares de primeiro grau, terão 10 vezes mais chances de adquirir a doença. Fatores como a idade também são importantes, pois quanto mais avançada a idade maiores serão as chances.

Os fatores de risco podem ser leves, moderados e avançados.

Existem também fatores ambientais e comportamentais que podem influenciar, como por exemplo a ingestão de gordura saturada (principalmente as de origem animal), a falta de exercício físico, não seguir uma alimentação saudável, o uso abusivo de álcool e de drogas. Estes fatores, podem contribuir para o surgimento da doença, tanto do câncer de próstata como de outros tipos de câncer.

A prevenção do câncer de próstata é bastante estudada e existem diversos estudos com os mais variados fatores como antioxidantes, anti-inflamatórios entre outros, no entanto nenhum deles possui uma comprovação cientifica.

Hoje o diagnóstico é baseado em dois exames, o PSA (Exame de Sangue), e o Toque Retal, que é o exame digital da próstata, um exame muito simples que dura de 3 a 5 segundos. Um exame não substitui o outro e o conjunto de ambos dará um diagnóstico mais preciso.

Quando o câncer de próstata é diagnosticado é importante ver em que grau se encontra a doença. Se o tumor é local, que são 80% dos casos quando eles são diagnosticados, o paciente tem uma chance de cura muito grande chegando a mais de 95% dos casos.

Os que são localmente avançados, que representam 15% dos diagnósticos iniciais, eles têm cerca de 60% de chance de cura.

Por fim, os que são metastáticos, ou seja, é o câncer que já saiu da próstata e está espalhado pelo corpo, que são 5% dos casos, já não possuem possibilidade de cura.

Os tratamentos também dependem do grau que você diagnosticou a doença.

Na maioria dos casos, ou seja, os localmente avançados, pode-se fazer a cirurgia com a retirada completa da próstata que é a prostatectomia radical com variações em seus métodos.

Além da cirurgia existem outros métodos de tratamento como a radioterapia, que é uma radioterapia conformacional na próstata ou mesmo a braquiterapia que são os implantes de sementes radioativas na próstata com o objetivo de eliminação ou regressão do tumor.

Há também outro modo terapêutico que é a hormonioterapia e por fim a quimioterapia que se reserva a casos metastáticos.

O paciente que é diagnosticado precocemente, tem uma qualidade de vida muito boa no seu pós-operatório ou no seu pós-tratamento.

Compartilhar informações com quem já passou por esta doença pode ajudar a confortar o paciente. O apoio da família também é essencial para que o paciente possa superar a doença.

“Sabemos que não é fácil, mas se você encarar um câncer de próstata naturalmente e pensar em combater, em ganhar, em vencer esse câncer, tenho certeza que você terá uma vida mais saudável e será mais feliz durante o tratamento”. A afirmação é dó médico Fábio Watanabe,

Fabio Watanabe é médico cooperado da Unimed Piracicaba, especialista em Endourologia e Reposição Hormonal em Homens, membro do Instituto de Urologia de Piracicaba (IUP).

Para assistir os vídeos na integra e entender ainda mais detalhadamente sobre o assunto, acesse nosso canal no youtube: https://www.youtube.com/user/instequipav/videos